quinta-feira, junho 12, 2008

uma rapidinha

glória e decadência de um entusiasmo. consegui, entre mil e um afazeres que não interessam nada para esta história, mas que davam uma bela série de frases bom povo, disponibilizar um tempinho para ir à feira do livro. pensava eu que ia passar uma bela noite a vaguear por entre os pavilhões, quando os altifalantes deram a notícia que a feira encerrava às 21 h, derivado às festas de lisboa. mal deu para uma brevíssima incursão. enquanto rogava pragas às marchas populares e às opções populistas da organização da feira, só para a frustração não ser maior, arrebanhei uns quantos livritos, sem sequer me poder deter a catar os saldos. teatro de sabbath (philip roth), pedro páramo (juan rulfo), a misteriosa chama da rainha loana (umberto eco) e o sonho dos heróis (adolfo bioy casares), foram a compensação possível para a minha fúria. agora só me resta acender uma velinha ao santo antónio para ter tempo de lá voltar até domingo.
esta ilustração é da catia chien e eu estava mortinha por ter um pretexto para a postar.
(obrigada, scarlata)

4 comentários:

Scarlata disse...

é tao linda essa ilustraçao!
:D

Scarlata disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
alex disse...

ficou logo debaixo de olho. tu descobres cenas muito fixes. :)

alex disse...

ficou logo debaixo de olho. tu descobres cenas muito fixes. :)