sexta-feira, novembro 23, 2007

lost



a celeste chegou há três anos, quase morta de cansaço, vinda sabe-se lá de onde. ontem à tarde, um gesto desastrado fez com que se perdesse de novo nos ares. por momentos, deve ter apreciado o vôo em liberdade, mas, se ninguém a recolher, dificilmente sobreviverá. apesar do frio e da chuva, ainda mantenho uma janela aberta, para que possa regressar, se conseguir encontrar o caminho de volta.

4 comentários:

Scarlata disse...

fonix alex... mas olha que às vezes voltam, ou andam pela zona. Informa os teus vizinhos. Eu achei mais que uma vez os piriquitos dos vizinhos de casa.
Abraço

alex disse...

os vizinhos são quase todos umas bestas. :|

maria m. disse...

nem sei que diga... talvez ainda volte... *

alex disse...

tenho passado os dias de nariz no ar, mas a cada dia que passa, a esperança é menor.