quarta-feira, abril 25, 2007


não sou de muitas palavras. fazes-me falta. é tudo.

3 comentários:

Jorge disse...

Aqueles que vivem na nossa memória nunca morrerão.
Abraço.

Scarlata disse...

Um abraço forte. ;-)

alex disse...

abraços. :)